Não importa se o nosso amor maior é sobre duas ou quatro rodas. Uma coisa é certa: todos nós ficamos loucos sempre que ouvimos o ronco dos veículos da Fórmula 1.

 

E esse esporte faz parte de nossas vidas desde 1950, quando a FIA (Federação Internacional de Automobilismo) anunciou a primeira prova em Silverstone, na Inglaterra, no dia 13 de maio. Nesta época, o campeonato tinha apenas 6 GPs que eram disputados na Europa: Inglaterra, Suíça, Bélgica, França e Itália. O vencedor era anunciado nas 500 milhas de Indianápolis, nos Estados Unidos.

 

E desde essa época, as bandeiras já marcavam presença no esporte, onde eram utilizadas especificamente para evitar acidentes. As primeiras foram a amarela (atenção) e a vermelha (pare). Só em 1985, as bandeiras preta e branca e a preta com círculo laranja foram inseridas.

 

Hoje a Fórmula 1 conta com 10 bandeiras ao todo, onde a mais conhecida delas é a quadriculada nas cores preta e branca, que significa que a corrida já acabou e o primeiro a vê-la foi o campeão do Grand Prix.

 

E que tal sentir aquela emoção que só um campeão sente: passar a linha de chegada correndo uns 300km/h? Dá uma olhada só nessa camiseta, em que trouxemos a estampa dessa bandeira:

 

      

Clica aqui, e veja em detalhes essa camiseta que faz a adrenalina pulsar dentro de nós.

 

       

                       

 

 

*Todos os conteúdos históricos foram baseados em livros e artigos disponibilizados na internet. O time TGF não se responsabiliza pela reprodução do conteúdo citado neste texto.

Leia também: