Hoje em dia, o capacete é um item essencial, principalmente para os apaixonados por duas rodas. Porém, o seu uso foi pouco frequente quando criado, mas um fato específico fez com que a sua utilização tornasse obrigatório.

 

No ano de 1935, na Inglaterra, as motocicletas já haviam se popularizado. Mas aí, o parceiro Thomas Edward Lawrence, que era um oficial inglês, tornou-se um apaixonado por motos depois de ser cicloturista entre os anos de 1906 a 1908.

 

Estava tudo muito bem até o dia 13 de maio de 1935, quando o Lawrence estava voltando com a sua moto Brough Superior SS1000 para sua casa em Clouds Hill e se deparou com dois garotos andando de bicicleta. O problema foi que ele viu as crianças devido à uma depressão na estrada e tentou desviar deles, mas perdeu o controle da motocicleta e foi arremessado por cima do guidão. Como estava sem o capacete, Lawrence sofreu graves lesões na cabeça, que o deixaram em coma, vindo a falecer seis dias depois.

 

Hugh Cairns, o neurocirurgião que acompanhou Lawrence durante os dias em que ficou em coma, não se conteve com a grande perda e iniciou estudos sobre as mortes de pilotos de motocicletas. O exército inglês apoiou o médico e começou a equipar todos os soldados com capacetes. Mais tarde, o uso deste item tornou-se obrigatório para todos os motociclistas da Inglaterra.

 

Então, parceiro, vá de capacete para viver o agora intensamente. Se liga só nessa estampa que representa a sua segurança em estilo:

 

      

Acesse esse link e veja esta camiseta com todos os detalhes. 

 

     

                          

 

 

*Todos os conteúdos históricos foram baseados em livros e artigos disponibilizados na internet. O time TGF não se responsabiliza pela reprodução do conteúdo citado neste texto.

Leia também: